Alguns homens possuem alterações graves na produção de espermatozoides, levando à azoospermia secretória (ausência total de espermatozoides no material ejaculado).

Nesses casos, há necessidade de extração de espermatozoides diretamente do testículo para a realização do ICSI.

Nos casos de azoospermia obstrutiva como na agenesia do ducto deferente ou vasectomia, uma opção de tratamento é a extração de espermatozoides do epidídimo (órgão localizado acima do testículo com função de armazenamento e maturação seminal).